It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Katherine Jackson pensa em entrar com recurso sobre o julgamento

A mãe de Michael Jackson, Katherine Jackson ficou animada por uma conversa em particular com o júri que rejeitou o seu processo bilionário e disse ao seu advogado, na quinta-feira, 03/10/13, que ela apoia um recurso.
“Ela não está jogando a toalha”, o advogado Brian Panish disse ao Daily News sexta-feira, 04/10/13, após um encontro com a matriarca. “Ela sente que os jurados terminaram o julgamento gostando do Michael”, disse ele, confirmando que Katherine estava dentro da sala da juíza, quando os advogados de ambos os lados falaram com os seis homens e as seis mulheres imediatamente após o veredicto ter sido lido. “Uma pergunta para o júri foi: “Qual foi a sua impressão sobre Michael? ‘E eles disseram que era muito melhor depois de ouvir que ele era um grande pai e o que ele foi e o quanto ele fez pela humanidade”, disse Panish. “Eles entenderam que ele se teve muitas dificuldades, mas que ele fez o melhor que podia.” Panish disse que Prince, filho do Michael, ficou confuso com essa parte do veredicto. “Prince está bem”, disse Panish, contando sobre uma conversa que teve com ele quinta-feira. ”Ele disse que se sentiu bem sobre o júri achar que a AEG contratou Dr. Murray, mas não entendeu a resposta à segunda pergunta – como muitos de nós não.” Panish disse que sua equipe está agora planejando entrevistas individuais com os jurados e em se reunir com advogados de segunda instância para tomar uma decisão sobre um eventual recurso nos próximos 30 dias. “Nós não podemos desistir até reunir todas as informações. Hoje é um outro capítulo”, Panish nesta sexta-feira. O principal advogado da AEG disse, na quarta-feira, que o veredicto do júri “completamente inocenta” seu cliente. “Embora a morte de Michael Jackson tenha sido uma terrível tragédia, não foi uma tragédia feita pela AEG Live”, disse o advogado Marvin Putnam. Ele disse fora do tribunal que ele espera que Katherine não entre com um recurso. “Infelizmente, as crianças passaram por muita coisa”, disse ele. “Em várias capacidades, espero pelo bem deles que não tenha recurso”. Ele disse que a AEG ”amava e se importava” com Michael.

Nenhum comentário:

Postar um comentário