It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Filhos de Michael Jackson contaram o que viram no dia de sua morte

Paris Jacskon está prevista para depor no julgamento envolvendo a morte de seu pai, disse uma fonte confiável ao Daily News. Seu irmão mais velho, Prince Jackson, também planeja enfrentar o júri assim que o julgamento se iniciar terça-feira em Los Angeles. A fonte disse que Paris lidou com uma “ótima postura” em seu recente depoimento e recebeu bem uma oportunidade de “dizer a verdade” sobre o que viu e ouviu nos meses que antecederam a morte chocante de seu pai. “Prince e Paris irão testemunhar,” a fonte próxima à Katherine Jackson disse. “Prince era mais velho e mais atento e viu certas coisas, mas ambos são crianças muito fortes, e nunca tentaram esconder nada do público”, disse a fonte. “Esta família sempre foi a favor da plena divulgação. Eles acreditam que quaisquer que sejam os fatos neste caso, eles devem ser tornados públicos”, a fonte disse da decisão de colocar Paris e Prince no banco das testemunhas. O filho mais novo de Michael Jackson, Blanket, não será chamado. “Ele era muito novinho na época, e ele ainda é muito novo”, disse a fonte. Outra fonte disse que Katherine Jackson tem reservas sobre Prince depor em um tribunal, mas não vai impedir. Ela ”compreende que Prince sente que ele é um homem, mas tem pavor do impacto emocional e psicológico sobre ele falando em público sobre seu pai”, disse a segunda fonte. O testemunho do Prince deve se concentrar nos vários momentos-chave das semanas finais da vida de seu pai, incluindo uma reunião com Michael Jackson, Murray e executivos preocupados com o desempenho do cantor nos ensaios. Prínce ouviu discussões-chave sobre o futuro da turnê, a saúde de Michael e o que era esperado de Murray, disseram as fontes. Os dois adolescentes também testemunharam o caos que se seguiu após seu pai parar de respirar – e o fracasso de Murray nos esforços para ressuscitá-lo. “Não será um julgamento de homicídio,” a fonte próxima de Katherine disse. “É um caso de negligência. É sobre pessoas cometendo erros. É por isso que Allstate está no negócio. “

Nenhum comentário:

Postar um comentário