It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Polícia vai à casa de Michael Jackson depois de reclamação

A polícia foi chamada à casa de Michael Jackson nesta segunda-feira, 23. Segundo o site TMZ, os policiais atenderam um chamado de familiares do cantor e registraram uma queixa de agressão. Ainda de acordo com o site, nomes não foram divulgados mas alguém de dentro da casa acusou uma pessoa presente no local de agressão.
Apesar do registro, ninguém foi preso. O policial Steve Whitmore contou que estão investigando o caso da família Jackson desde abril, quando um sócio do Rei do Pop alegou que Katherine Jackson, mãe do cantor, estava sendo maltratada por outros membros da família. Na época, Katherine foi interrogada pela polícia e negou maus-tratos, mas a polícia acredita que possa haver um caso de extorsão. Katherine foi dada como desaparecida no sábado, 21, por um de seus sobrinhos e Paris Jackson, filha do cantor, voltou a usar o Twitter para reclamar da ausência da avó neste segunda-feira, 23: “Oito e contando… Algo está realmente errado, isso não se parece com ela. Eu quero falar diretamente com a minha avó”, desabafou. Mais cedo, a polícia conseguiu falar com Katherine, que foi levada de sua casa em Los Angeles pelos filhos para o Arizona, depois que eles alegaram exaustão da matriarca. Os três filhos de Michael Jackson, que vivem sob a guarda da avó, não foram avisados o porquê da viagem. Visita de médico Segundo a advogada de Katherine, Sandra Ribera, o médico Allan Metzger esteve na casa da matriarca no último dia 14 para examiná-la e sugeriu que seria melhor para a sua saúde que ela viajasse. No dia seguinte, a mãe de Michael embarcou com sua filha mais velha, Rebbie, para Albuquerque, no Novo México. Ainda segundo a advogada, quando Paris, filha de Michael, ligou para as tias Rebbie e Janet a procura da avó, elas lhe disseram que ela não poderia falar com ela naquele momento. “As crianças estão tentando entrar em contato com a avó e não conseguem há quase uma semana”, disse Ribera. “Eles só ouvem que ela não está disponível”. De acordo com a advogada, Katherine nunca passou 24 horas sem falar com os netos. “Nós não temos ideia do que está acontecendo com ela. Ninguém conseguiu falar”. No ano passado, Metzger foi testemunha de defesa do médico Conrad Murray, posteriormente condenado por homicídio culposo na morte de Michael. Família briga pelo controle do espólio Paris está em guerra com seus tios Randy, Jermaine, Rebbie, Tito e Janet Jackson. Eles acreditam que John Branca e John McClain, que controlam o espólio de Michael Jackson, não só falharam em seus deveres como também se aproveitaram da família, causando até um mini-infarto em Katherine. A filha de Michael, porém, discorda, e chegou a criticar Randy pelo Twitter esta semana. “Olá, querido membro da minha FAMÍLIA, eu não gosto de você falando para todo mundo coisas que não são verdade, muito obrigada”, completou. Quando questionada por outro usuário do Twitter de que deveria ter mais respeito com o próprio tio, Paris retrucou: “Talvez ele devesse ter mais respeito com a própria mãe.” FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário