It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Donna Norris depõe no julgamento do médico de Michael

Depois de quatro semanas com o julgamento do Dr. Conrad Murray, acusado por homicídio culposo pela morte de Michael Jackson em junho de 2009, nas mãos da Promotoria, a história começa a mudar.



Nesta segunda-feira (24), os advogados de Defesa tomaram a frente do julgamento e começaram a chamar suas testemunhas para darem depoimento na corte de Los Angeles.

Donna Norris, diretora de comunciação do departamento de polícia de Beverly Hills, que falou sobre a ligação feita para a polícia no dia da morte do rei do Pop.

Donna Norris descreveu o telefonema de 46 segundos feito pelo segurança de MJ para o 911, a pedido do Dr. Murray, após descobriu que o cantor tinha uma parada cardíaca. A chamada foi feita em 12:20

Paramédicos havia testemunhado no mês passado que eles perderam vários minutos e que o cantor não mostrou sinais de vida. MJ foi declarado morto no hospital de Los Angeles mais de duas horas depois.

MJ_Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário