It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Murray não quer depoimento do Dr. Steven Schafe

Os advogados de defesa do Dr. Conrad Murray querem proibir um especialista de depor no julgamento sobre a ingestão de Propofol, porque isto poderá desencadear uma reação fatal.



O TMZ divulgou ano passado que a defesa iria argumentar que Michael Jackson se matou acidentalmente com uma dose fatal de Propofol ou por ingestão ou por aplicar em si próprio enquanto o Dr. Conrad Murray saiu do quarto.

Os promotores pretendem chamar para depor o especialista Dr. Steven Schafer, que tem dois estudos que concluem que, um paciente não pode morrer ingerindo oralmente ingerir o medicamento.

No estudo, seis estudantes chilenos se ofereceram para beber Propofol e eles sobreviveram muito bem.

Noutro estudo produzido com porcos, se conseguiu os mesmos resultados.

A equipe de Murray afirma que os estudos são boatos, porque o Dr. Schafer não fazia parte dos testes.

O juiz Michael Pastor ainda não se pronunciou sobre a reclamação.

MJ_Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário