It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

terça-feira, 3 de maio de 2011

Advogados do Dr. Conrad Murray pede adiamento do julgamento

Os advogados de defesa pediram na sexta-feira, 29/04/11, um atraso no julgamento de homicídio do médico de Michael Jackson, dizendo que precisavam de mais tempo para analisar novos relatórios de testemunhas de acusação.



O juiz Michael Pastor agendou uma audiência na segunda-feira para apreciar o pedido, que ocorre 10 dias antes do início previsto dos argumentos de abertura em 9 de Maio.

Dr. Conrad Murray se declarou inocente do homicídio involuntário de Michael Jackson, que morreu em junho de 2009 de uma overdose do poderoso anestésico propofol.

Os promotores disseram na sexta-feira que queria chamar um perito médico adicional na tentativa de contrariar o que se espera que seja proposto pela equipe de defesa de Murray, que Michael engoliu ele próprio o propofol.

Os advogados de Murray argumentaram que precisavam de mais tempo para se preparar para contra-interrogar a nova testemunha.

Murray admitiu ter dado a Michael Jackson propofol como um sonífero porque ele tinha estado a ensaiar, mas nega que tenha sido uma dose fatal.

MJ_Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário