It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Defesa do Dr. Conrad diz que Mj estava debilitado

O site “TMZ” divulgou que a defesa de Dr. Conrad Murray tem um novo argumento para livrar o médico da acusação de homicídio culposo, pela morte de Michael Jackson. Os advogados afirmam que a saúde do cantor estava tão debilitada antes de sua morte, que não se pode por a culpa no medicamento Propofol.



Fontes contam que a defesa de Murray vai alegar que Michael Jackson já estava com problemas de saúde, devido às preparações para a turnê que iria realizar. Os advogados vão apresentar testemunhas que afirmam que o Rei do Pop não estava indo aos ensaios e, quando apareceria, mostrava “claros sinais” de saúde debilitada.

A defesa pretende mostrar, desta forma, que mesmo que Conrad Murray seja acusado de administrar uma dose letal de Propofol, Michael Jackson teria morrido porque sua saúde já estava fraca. O julgamento do médico iniciará em abril.

Fonte: MJ_Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário