It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

sábado, 22 de janeiro de 2011

AEG foi imprudente com a vida de Michael Jackson

Katherine Jackson acabou arquivando os documentos jurídicos que alega que a AEG Live estava bem ciente dos procedimentos de risco de vida que eram realizados em Michael Jackson na própria casa do cantor… No entanto, a empresa fechou os olhos.



Katherine está desafiando a AEG para destituir o processo de morte por negligência contra a empresa.

Em seus documentos, Katherine disse que a AEG contratou Dr. Conrad Murray com um “salário exorbitante de US$ 150.000 por mês”, e em contrapartida Murray concordou “em assistir os ensaios de MJ”

Os advogados de Katherine alegam que o pedido feito pelo Dr. Conrad Murray para a AEG sobre os equipamentos de CPR para a casa de MJ deveria ser óbvios, já que, “o tratamento médico administrado corria o risco de parar a respiração e o coração de MJ.”

Os advogados de Katherine continuam: “Isto não é um tipo de risco previsto para uma visita comum de um médico familiar.”

Os advogados alegam que “a AEG deveria saber que o tratamento administrado pelo Dr. Murray não era seguro”

Fonte: MJ_Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário