It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Advogado do Dr. Conrad Murray diz: “Michael Jackson se matou”

A defesa do Dr. Conrad Murray lançou seus argumentos com base para a sua estratégia – que Michael Jackson administrou a dose fatal de Propofol – durante o interrogatório de um investigador do L.A. County Coroner’s.



O advogado Murray, J. Michael Flanagan, fez duas perguntas para Elissa Fleak sobre alusão à sua teoria:

1) Tinha as impressões digitais na bolsa de IV? e

2) Era possível Michael Jackson alcançar as seringas da cama?

Como já relatado em primeira mão pelo TMZ, a defesa vai argumentar que Michael Jackson ficou frustrado em não conseguir dormir naquele dia e aplicou em si próprio a dose fatal de Propofol que eventualmente o matou.

Fonte: MJ_Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário