It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Defesa de médico alegará suicídio do cantor

Segundo o "TMZ", os advogados de defesa de Conrad Murray afirmarão que o cantor se matou



Os advogados de defesa do Dr. Conrad Murray pretendem alegar que Michael Jackson cometeu suicídio. Segundo o site "TMZ", a promotoria do caso de homicíio culposo afirmou, na quarta-feira (29), que o cantor se matou com uma dose de Propofol.

Na quarta-feira (29), uma audiência foi convocada para determinar quem poderá ter acesso aos resíduos de duas seringas e uma sonda intravenosa encontrada no quarto de Michael.

Durante a audiência, o subfiscal David Walgren disse: "Acho que está claro que a defesa maneja a teoria de que a vítima, Michael Jackson, se matou".

Os advogados do doutor se apoiam na hipótese de que a dose de Propofol que matou Michael, em junho do ano passado, não teria sido dada por Dr. Conrad.

Fonte: MJ_Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário