It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Seguradora contratada pelo Dr. Conrad Murray não quer pagar suas despesas

A seguradora contratada pelo Dr. Conrad Murray no Texas disse que não deve pagar os custos médicos para a defesa no processo de homicídio culposo.

A seguradora pediu a um juiz para decidir que não é responsável pelas contas oficiais do médico nos dois processos judiciais para manter sua licença médica.



Medicus Insurance Co argumenta que a negligência médica do Dr. Conrad Murray não é coberta pelo seguro para sua defesa, porque os casos resultam na alegação da prática criminosa, de acordo com os documentos apresentados na quarta-feira, 20/10/10 no tribunal estadual de Houston.

A apólice contratada pelo Dr. Murray cerca de um mês antes da morte de Michael Jackson em junho de 2009, não abrangia os incidentes envolvendo anestesia geral, a empresa argumenta.

Murray enfrenta em Los Angels a acusação por homicídio culposo, onde as autoridades o acusam de administrar uma dose letal do anestésico propofol para a pop star no quarto de sua mansão.

O processo criminal é apenas um dos desafios legais que Murray enfrenta. Ele foi processado pelo pai de Michael Jackson pelo homicídio culposo na corte federal de Los Angeles, e as autoridades tem tentado suspender ou limitar a sua licença médica, no Texas, Califórnia e Nevada. Uma das clínicas de Murray é em Houston.

O médico contratou quatro advogados na Califórnia e no Texas para defendê-lo nos casos civis e criminais. Ele alegou que precisa manter sua licença médica para poder pagar a sua defesa criminal.

Medicus, que está sediada em Austin, afirma que não é obrigada a defender a licença médica de Murray em três estados. A seguradora alega que o exercício no Texas e na Califórnia, os funcionários da empresa levantaram denúncias de irregularidades na morte de Michael Jackson, e em Nevada tentaram suspender a licença médica porque ele estava atrasado com os pagamentos de pensão alimentícia, e não pelo seu trabalho médico.

Os documentos judiciais não indicam o quanto à defesa de Murray irá custar.

“Nós acreditamos que Medicus está errada sobre os fatos e errada sobre a lei. Nós acreditamos que deve haver a cobertura” disse o advogado de Murray, Charles Peckham

Fonte: MJ_Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário