It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Quincy Jones: Eu nunca bati em Michael Jackson



O produtor musical de 77 anos trabalhou que com o falecido Rei do Pop, em três dos seus álbuns mais bem sucedidos, Off the Wall, Thriller e Bad. Quincy admitiu que Michael tinha a tendência a se comportar como um diva, mas diz que ele sempre conseguiu fazer com que ele seguisse a linha - sem recorrer à violência física, como alguns relatórios acusaram.

"Ha ha! Não, mas eu sabia como lidar com Michael", Quincy riu quando perguntado sobre os rumores de que muitas vezes bateu em Michael.

Michael Quincy demitido depois de 1987 o, dizendo que queria se mover numa direção diferente. Apesar disso, continuaram amigos até que Michael morreu em junho de 2009 de intoxicação aguda por Propofol.

O médico pessoal do astro, Dr. Conrad Murray foi acusado de homicídio involuntário por seu envolvimento na morte de Michael, mas Quincy insiste que ninguém é culpado.

"Não havia nenhuma maneira de saber se Michael estava numa forma ruim. Não há nenhuma maneira... ninguém poderia ser responsabilizado pelo que aconteceu", disse Quincy ao jornal britânico The Guardian.

"Os artistas desse porte - podem fazer o que quiserem. Você teria que o acompanhar no dia 24 do 7 para saber o que estava acontecendo. Eu não sei, cara. Isso é pessoal. Assim, tão pessoal. Há muitos detalhes. A menos que você está totalmente consciente de tudo, é difícil fazer um julgamento. "

Fonte: http://mjneverland.ptforuns.com/viewtopic.php?f=10&t=2117

Nenhum comentário:

Postar um comentário