It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Joe Jackson reapresenta o processo contra Dr. Conrad Murray

Joe Jackson re-apresentou seu processo de morte dolosa contra o Dr. Conrad Murray – e, agora, afirmando que o Dr. Conrad Murray e AEG encenaram uma intervenção com Michael Jackson apenas uma semana antes dele morrer.

De acordo com os novos documentos, o Dr. Murray e representantes da AEG foram à casa de Michael Jackson na N. Carolwood Drive em 18/06/10 para uma intervenção dos medicamentos.



O processo alega que durante a reunião, a AEG exigiu que Michael “parasse de ver o Dr. Arnold Klein e parasse de tomar os medicamentos que Klein deu a ele.” Eles queriam Michael “tomasse as medicações que estavam sendo dada a ele pelo Conrad Murray”.

De acordo com o terno… A intervenção se destinava para Michael aderir ao regime de medicamentos do Dr. Murray para que ele pudesse dormir mais. Para a AEG, Michael estava faltando aos ensaios por causa da medicação do Dr. Klein e outros médicos.

A ação também alega que, nos dias que antecederam a morte de Michael era evidente que ele estava ficando cada vez mais fraco, às vezes parecendo “drogado e desorientado”.

O resultado da ação – a intervenção e a preocupação geral sobre o uso de medicamentos por MJ é a prova que não teve nenhum negocio entre o Dr. Murray administrar Propofol e outros medicamentos para o cantor e do Dr. Murray sabia que ele estava brincando com fogo.

Fonte: http://mjneverland.ptforuns.com/viewtopic.php?f=10&t=2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário