It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Dr. Conrad Murray só irá a julgamento em 2012

É pouco provável que o Dr. Conrad Murray enfrente um julgamento sobre a morte de Michael Jackson antes de dois anos, divulga o News of the World.

Grandes atrasos na preparação do processo contra Conrad Murray significa que ele provavelmente não vai a júri, até 2012.



Seu advogado Ed Chernoff está furioso “muitas páginas” dos documentos recolhidos pela polícia de Los Angeles não foram entregues à defesa, apesar de que Murray foi acusado em fevereiro de homicídio involuntário.

O processo pode ter problemas com a escolha de um júri. Chernoff teme que seu cliente não terá um julgamento justo em Los Angeles, onde a estrela é considerada como um ícone.

“Encontrar as pessoas, sem uma visão de Jackson não vai ser fácil”, disse um perito legal.

Murray, 57, está próximo de sua audiência no tribunal em 14 de junho, mas seu advogado disse que vai adiar a audiência para setembro.

Ontem à noite o porta-voz de Murray disse: “Nós estamos pesando em marcar o julgamento para o começo de setembro, dia 02 . Temos uma enorme carga – 3.500 páginas de provas para rever. E temos testemunhas para falar em todo o mundo que tiveram contato com Jackson nos últimos anos. Para defender adequadamente Conrad precisamos de um tempo para obter todas as nossas provas juntas.”

O promotor disse que havia uma possibilidade do “bom” julgamento não começar por “um ou dois anos”.

Murray, cardiologista, acabou de ser dada permissão para continuar sua prática médica, mas sem usar anestesia, para ajudar a pagar as contas judiciais.

Ele está a ponderar sobre processar a AEG, que não lhe pagou £ 180,000 referente as suas viagens de seis semanas com a estrela, antes de sua morte em junho passado.

Nós revelamos que os advogados de defesa de Murray vai tentar pôr em causa afirmando que Jackson tomous as drogas que o levou a ataque cardíaco.

Chernoff está alinhando aos médicos especialistas, na esperança de provar Jacko auto-administradas drogas, Murray mentiu sobre o seu consumo e exigiu níveis perigosos de medicamentos volta do relógio.

Fonte: http://mjneverland.ptforuns.com/viewtopic.php?f=10&t=1243&p=7884#p7884

Nenhum comentário:

Postar um comentário