It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

sábado, 6 de março de 2010

Chapeu de Michael Jackson nos novos achados de Museu



Lonnie Bunch, diretor do Museu Nacional de História Americana Africano e Cultura, tem viajado pelo país - e pelo mundo - e recolheu as novas aquisições para o museu, que está programado para abrir em Washington, DC em 2015. As novas peças do museu incluem o chapeu fedora de Michael Jackson.

É preto, de abas largas e é um dos chapéus mais emblemáticos da história. Numa tarde dentro do estúdio de NPR, o fedora de Michael Jackson foi cuidadosamente retirado de uma caixa de dois manipuladores do museu e exibido num colchonete.



O chapéu é parte da coleção de artefatos que farão parte da coleção permanente do Museu Nacional de História Americana Africano e da Cultura.

Em cinco anos, o museu está previsto para abrir no National Mall, apenas sob a sombra do Monumento de Washington.
E se tornará o mais recente museu Smithsonian e o primeiro museu nacional para celebrar o legado dos americanos de ascendência Africana.

Lonnie Bunch é o diretor executivo edo museu. Muito do seu tempo é gasto atualmente viajando pelo país - e pelo mundo - à procura de artefatos para contar a história dos africanos na América.

Junto com o Fedora de Jackson, Bunch conseguiu encontrar um polvorinho utilizado por um ex-escravo chamado Prince Simbo, que lutou na linha de Connecticut, durante a Guerra Revolucionária.

Isso realmente diz muito sobre o compromisso dos Africano-Americanos para a liberdade." Bunch disse que não se sabe muito sobre Simbo, mas ele viu claramente a batalha durante a guerra, porque ele foi recompensado após a revolução.

Nos próximos meses, Bunch vai continuar a passar por aqui para compartilhar algumas dos seus ultimos "achados"

Fonte: http://mjneverland.ptforuns.com/viewtopic.php?f=10&t=866

Um comentário: