It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

sexta-feira, 5 de março de 2010

Billie Jean no Top das Tabelas

Havia um punhado de coisas que poderíamos ter comemorado neste dia.

Afinal, hoje é o aniversário de Charlie e Craig Reid (mais conhecido como o Proclaimers, que marcou um dos maiores hits de todos os tempos, com "I'm Gonna Be (500 Miles)"). O ex-guitarrista do Red Hot Chili Peppers, John Frusciante também estará soprando as velas de hoje, que faz 40 anos (espero que ele celebre com um pouco de "Californication").

Mas hoje nós comemoramos ascensão de Michael Jackson para o estrelato.

Neste dia, em 1983, (5/03/1983) "Billie Jean" encontrou-se no topo da Billboard Hot 100, pela primeira vez. O segundo single de Thriller derrubou Patti Austin e James Ingram com "Baby, Come to Me" para tomar a liderança, onde permaneceu por sete semanas antes de ser derrubado por "Come on Eileen", de Dexy's Midnight Runners.

Uma semana depois, Michael Jackson teria chegado topo das paradas novamente com "Beat It", uma faixa que iria reinar por mais três semanas até que foi substituída por "Flashdance ... What a Feeling".

"Billie Jean" continua a ser um marco de Michael Jackson e da sua célebre carreira.

Embora nunca houve realmente uma Billie Jean, Michael Jackson sempre disse que a menina da música foi uma composição dos tipos de mulheres que acompanhavam para todo o lado os Jackson 5.

"O garoto não é meu filho" é um coro lírico bastante atrevido para um hit no top ( que mais tarde "Every Breath You Take" dos Police iria liderar as paradas em 83, que tambem é intenso).

Mas, "Billie Jean" vive por causa da mistura hábil do disco de R&B e o distintivo vídeo , que viu um Michael vestido com um fato que brilhava e dançando no seu caminho numa a luz icônico-up que surgia na calçada.



Fonte: http://mjneverland.ptforuns.com/viewtopic.php?f=10&t=863

Nenhum comentário:

Postar um comentário