It's All for L.O.V.E.

Quem Nos Visita?


Visitor Map

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Billie Jean

Michael volta com a sua pegada mais funky, e dance-pop, repleto dos soluçosque são sua marca registrada; é a musica mais soturna do álbum, talvez pela temática pela contestação da paternidade.
Bille Jean foi lançada comercialmente no dia 3 de Janeiro de 1983- um ícone da musica e porque não: hino-pop.
É em Billie Jean que Jackson performa seu mais famoso paço-lunático: Moonwalk a canção ficou em primeiro lugar como uma das canções mais ouvidas e single mais vendido em diversos países: Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Itália, Suíça, Suécia, Nova Zelândia, Itália... Também não é a toa que somente esse single alcançou vendas superiores ás 5 milhões de cópias tornado-se um dos singles mais vendidos do mundo:



Info:
Vendas Mundiais: 5.25 milhões
Letras, Composição e Arranjos: Michael Jackson
Produção: Quincy Jones e Michael Jackson
Vocais: Michael Jackson
Bateria: Leon "Ndugu" Chancler
Baixo: Louis Johnson
Violão: David Williams




Billie Jean elevou a black music ao primeiro plano, uma perfeita mistura de Soul, Funk e Pop, marcado pelos sons sintéticos dos anos 80.
Em seus versos Michael canta uma situação freqüente na adolescência: a disputa para ser o escolhido pela garota mais bonita. Billie Jean, apesar de sua sonoridade puramente dançante e suas metáforas sensuais, traz temas socialmente delicados que afligem a adolescência e os jovens adultos ao redor do mundo, como a gravidez indesejada e a questão da paternidade: (She was more like a beauty queen from a movie scene / I said don’t mind, but what do you mean I am the one / Who will dance on the floor in the round / She said I am the one who will dance on the floor in the round)

Photobucket

Outras edições de capas foram lançadas desse single no mundo. Acima as versões vinil lançado na Holanda

E as conseqüências às vezes sérias demais dessa conquista: (Billie Jean is not my lover / She is just a girl who claims that I am the one / But the kid is not my son / She says I am the one, but the kid is not my son). Em uma das curiosidades relacionadas a essa canção: Por incrível que possa parecer, o produtor Quincy Jones tentou convencer Jackson a alterar o nome da canção Billie Jean para Not My Lover durante as gravações da faixa, em 1981. Ele temia que surgissem especulações de que a música falava da famosa tenista norte-americana Billie Jean King.


O grande sucesso da canção rendeu a Michael Jackson várias capas de revista. Considerando ser uma das melhores canções de R&B do ano a capa da revista Hitkrant abordou em suas páginas a influencia do single Billie Jean entre os jovens; já a Muziek Parade como fosse uma publicação estilo a mais famosa revista de musica norte-americana Billboard estava mesmo interessada em trazer aos seus leitores os números conquistados pela canção, a Record Mirror Magazine trouxe na sua capa: ''O segredo de um pop-star''; e destaque na revista Rock e Soul

Photobucket

Billie Jean é o que se pode chamar de point of no return não só da belíssima trajetória de Thriller, como da carreira inteira de Michael Jackson. Foi a partir daquela canção soluçada, com letra sombria falando do questionamento de uma paternidade e, especialmente, do clipe no qual uma estola virava um tigre, Jackson passava do nível dos pobres mortais para virar um dos deuses sagrados da música pop do século 20.



O mais irônico é que, em um acesso de racismo explícito, a então whitrash MTV tentou boicotar o vídeo de Billie Jean sob o pretexto de não desagradar seu público de adolescentes brancos que não tinham o hábito de consumir discos de artistas negros.
Mal sabia a emissora a cabo que estava atirando no próprio pé – afinal, é de saber notório que os clipes de Michael Jackson foram um dos maiores responsáveis pela potência que a emissora se tornou.


Clipe: Billie Jean
Direção: Stevie Baron
Lançamento: Março de 1983



Motown 25 - Yesterday, Today, Forever

Berry Gordy então presidente da Motown Records pediu que Michael Jackson se apresentasse no especial de 25 anos de sua gravadora e ele concordou, porém com uma condição: que cantasse Billie Jean canção de seu recente álbum Thriller.
Dias antes do show ir ao ar pela rede NBC, aconteceram os ensaios para esse evento; Michael e seus irmãos que venderam mais de 50 milhões de discos lançados por essa gravadora no extinto e lendário grupo Jackson 5, ensaiaram o Medley de canções: ABC, The Love You Save e II’l Be There; na ocasião Michael não cantou Billie Jean deixando para ensaiar na sua casa em Encino, já que era uma ''surpresa'' que iria impressionar a todos; dito e feito, nascia seu famoso paço Moonwalk.



Na noite de 16 de Maio de 1983, 3 mil celebridades norte-americanas lotaram um teatro de Los Angeles para assistir a uma apresentação comemorativa dos 25 anos da gravadora Motown. De suas casas 50 milhões de pessoasacompanharam pela TV a apresentação de vários artistas negros até que Michael se viu sozinho no palco. Ele começou a cantar Bille Jean, sucesso do album qua havia lançado meses antes.
De repente, Jackson parou de cantar, andou até o canto esquerdo do palco e voltou... Deslizando de costas. A cena, que ficou gravada para a posteridade é impressionante: são 3 mil queixos caídos.

Photobucket

Naquela noite, mais do que mostrar para o mundo seu paço de dança batizado Moonwalk, Michael foi dormir consagrado como o Rei Do Pop - Foi naquele momento que cristalizou o status de celebridade de Michael Jackson - Cravou a prestigiada revista Rolling Stones. Moonwalk no mundo do entretenimento, só é comparável ao andar de vagabundo de Chaplin á sequencia de Gene Kelly em Dançando Na Chuva, e aos paços de Fred Asteire.
Hoje é seguro dizer: 16 de Maio de 1983 foi a primeira noite do resto da vida de Michael Jackson; a partir daquele momento ele nunca mais seria esquecido...



Letra da Música:

She Was More Like A Beauty Queen From A Movie Scene
I Said Don't Mind, But What Do You Mean I Am The One
Who Would Dance On The Floor In The Round
She Said I Am The One Who Would Dance On The Floor In The Round

She Told Me Her Name Was Billie Jean, As She Caused A Scene
Then Every Head Turned With Eyes That Dreamed Of Being The One
Who Would Dance On The Floor In The Round

People Always Told Me Be Careful Of What You Do
Don't Go Around Breaking Young Girls' Hearts
And Mother Always Told Me Be Careful Who You Love
And Be Careful What You Do 'Cause The Lie Becomes The Truth Hey

Billie Jean Is Not My Lover
She's Just A Girl Who Claims That I Am The One
But The Kid Is Not My Son
She Said I Am The One, But The Kid Is Not My Son

For Forty Days And Forty Nights
I Was On The Sight
But Who Can Stand When She's In Demand
Her Schemes And Plans
'Cause We Danced On The Floor In The Round
So Take My Strong Advice, Just Remember To Always Think Twice
(Do Think Twice x2)

She Told My Baby We'd Dance 'Til Three
As She Looked At Me
Then Showed A Photo Of A Baby Cries
His Eyes Would Like Mine
Go On Dance On The Floor In The Round, Baby

People Always Told Me Be Careful What You Do
Don't Go Around Breaking Young Girls' Hearts
(Don't Break No Hearts)
She Came And Stood Right By Me
Cause I Smelled A Sweet Perfume
This Happened Much Too Soon
She Called Me To Her Room
Hey

Billie Jean Is Not My Lover
She's Just A Girl Who Claims That I Am The One
But The Kid Is Not My Son
Billie Jean Is Not My Lover
She's Just A Girl Who Claims That I Am The One
But The Kid Is Not My Son
She Says I Am The One, But The Kid Is Not My Son
She Says I Am The One, But The Kid Is Not My Son
Hee! Woo!
She Said I Am The One, But The Kid Is Not My Son
Billie Jean Is Not My Lover
She's Just A Girl Who Claims That I Am The One
But The Kid Is Not My Son
She Said I Am The One, But The Kid Is Not My Son
She Said I Am The One, She Says He Is My Son
Breakin' My Heart Babe
She Says I Am The One
Billie Jean Is Not My Lover
Billie Jean Is Not My Lover
Billie Jean Is Not My Lover
Billie Jean Is Not My Lover
Billie Jean Is Not My Lover
Billie Jean Is Not My Lover

Nenhum comentário:

Postar um comentário